Conecte-se com a gente!

Notícias

O outro lado: Produtor acusado de dar calote à dupla Fernando e Sorocaba se defende

Eduardo disse que tudo não passou de um mal entendido e vai buscar seus direitos na justiça.

Publicado

em

Divulgação

ORLANDO, FL – O produtor musical Eduardo Ávila, que foi acusado de não pagar o cachê da dupla Fernando & Sorocaba que está em uma mini turnê pelos Estados Unidos, em contato com o Portal PS, disse ter efetuado o pagamento de tudo o que estava em contrato com a dupla.

Segundo informações da produção do show em Orlando, Eduardo teria feito o acerto do que estava faltando, horas depois da publicação da matéria.

Durante conversa com o Portal PS, Eduardo disse que não sabe de onde surgiu tais boatos e que vai tomar as devidas providências. “Não houve nada do que foi relatado, não existe calote. Eu tomei um calote!”, disse o produtor.

Ele enviou uma cópia de um invoice à produção do “Na Mira”, novo programa da CBTV que estreia em fevereiro no canal. No documento estão valores que deveriam ser cumpridos pelo produtor Kiko Albuquerque. Segundo Eduardo, isso não foi cumprido.

Eduardo Avila: “Eu que fiquei no prejuízo”. (Facebook)

“Ele acabou não pagando. Eu assumi uma divida que não era minha. A gente sabia que Orlando não teria tamanho para um show como o do Fernando e Sorocaba. Mesmo assim transferimos o show de Newark para Orlando. Eu assumi!”, se defende.

Kiko por sua vez, diz que foi um sócio dele que não aceitou assumir os valores apresentados por Eduardo para o show de Newark. “Os valores subiram demais! Foram pagos apenas $10 mil dólares adiantados. Porém, em Boston, tudo foi pago adiantado, cerca de $140 mil incluindo um show posterior de Thaeme e Thiago. Ficou faltando $27 mil dólares que seriam pagos posteriormente”, rebate.

Eduardo diz que cumpriu com suas obrigações e diz que o tamanho do prejuízo moral é imenso. “A notícia causou problemas grandes na minha familia. Vou agora atrás da justiça”, disse o empresário que deve entrar com uma ação na Corte em Miami.

Tentamos contato com o produtor que está acompanhando a dupla em Boston, Fábio Dalua, e até o fechamento dessa edição não tivemos retorno.

 

 

 

Notícias

Temporada de furacões será mais forte que do ano passado

Prepare-se: serão mais de 20 situações onde três delas podem se tornar ferozes furacões que podem alcançar a categoria 5.

Publicado

em

Imagem de satélite do furacão Isabel, de 2003. (Arquivo)

ORLANDO, FL – A temporada de furacões esse ano promete ser ainda mais forte e mais chocante do que no ano passado. Ao menos é o que prevê um estudo da Colorado State University.

Divulgado nessa quinta-feira, os dados mostram que a atividade é maior com mais furacões previstos do que no ano passado.

Serão 14 tempestades, 7 furacões e no mínimo 3 grandes furacões como o Irma que arrasou Porto Rico no ano passado e boa parte do sul da Flórida.

A justificativa é que o fenomeno La Niña está de volta.

Para saber:

  • Tempestades: são aquelas que vem com força mas que podem apenas se transformarem em tempestades tropicais.
  • Furacões: ventos de até 110 milhas por hora e que podem ser de Categoria 1 e 2.
  • Grandes Furacões: são os que ultrapassam 110 milhas por hora e figuram entre as categorias 3-5.

Continue lendo

Notícias

Polícia procura marginal que está a solta em Orlando

Segundo a polícia ele está armado e é muito perigoso.

Publicado

em

ORLANDO, FL – Foi divulgado pelo departamento de polícia de Orlando, um retrato falado do criminoso que está aterrorizando Orlando e as cidades no entorno.

Na quarta (04) ele atacou uma mulher do lado de fora do PetCo e roubou um Walgreens que fida próximo da Orange Blosson Trail com a Sand Lake Rd.

Além disso ele é responsável pelo roubo de um Dunkin Donuts no sábado, atirou numa pessoa num caixa eletrônico no domingo e roubou um carro.

A policia voltar a informar que o bandido está armado e é muito perigoso.

Continue lendo

Notícias

Dois mortos em acidente aéreo na região de Daytona Beach

Uma testemunha viu o avião cair e acionou a polícia pelo 911.

Publicado

em

Destroços do avião que segundo testemunhas a asa teria sido arrancada antes de cair. (Wesh2)

DAYTONA BEACH, FL – Dois homens morreram num acidente de avião em Daytona Beach, na manhã desta quarta-feira (04).

Eles foram identificados como o veterenado da marinha Zachary Capra e o piloto John S. Azma.

Capra tinha 25 anos, estava estudando para ser piloto e pretendia graduar este verão em Aeronautica. Ele serviu na marinha de 2012 a 2016.

Azma foi condecorado pela FAA e tinha proficiência como instrutor de voo. Ele tinha ao menos 20 anos de experiencia voando.

O acidente foi reportado por uma testemunha que viu o avião caindo por volta das 9:54am da manhã. Ela ligou para o 911.

Continue lendo
Publicidade

CANAL DO PS NO YOUTUBE

TWITTER DO PS

MAIS LIDAS