Conecte-se com a gente!

Notícias

Polícia usa “Narcan” para salvar jovem que estava drogado e dirigindo inconsciente

O rapaz não se lembra do que aconteceu no acidente que não deixou vitimas.

Publicado

em

ORLANDO, FL – Narcan, um antídoto que é administrado contra o uso de opióides, foi aplicado em um homem de Kissimmee acusado de bater em um ônibus escolar segunda-feira (06) no Condado de Orange, segundo informações da Patrulha da Rodovia da Flórida (FHP).

Todd Massengale, de 27 anos, foi preso por acusações de DUI (dirigir sob influência) e danos à propriedade e posse e / ou uso de uma substância controlada sem receita médica.

O acidente foi relatado às 4:55 pm na Sand Lake Road próximo a John Young Parkway. Uma investigação preliminar revelou que ambos os veículos estavam dirigindo em direções opostas, e um deles entrou à esquerda no sinal verde. O carro não conseguiu fazer a curva e colidiu com o ônibus, disseram os soldados.

Nenhum estudante estava a bordo do ônibus, disse o FHP.

Um soldado disse que Massengale estava inconsciente e tinha uma agulha na mão. As drogas que mostraram positivo para opioides foram encontradas no carro.

Os primeiros socorristas usaram Narcan para o reviver o motorista, disse o FHP.

Massengale foi entrevistado em um hospital e disse que não se lembrava de nada sobre o acidente.

Ele foi preso e levado para a prisão do Condado de Orange.

Imigração

Agente de Fronteira morre, outro fica muito ferido no Texas. Mas existem dúvidas sobre o caso!

A dúvida maior é sobre as circunstâncias do incidente: ele foi assassinado ou foi apenas um acidente de trabalho?

Publicado

em

(ABC)

DA REDAÇÃO – Ainda existem muitos detalhes que não foram divulgados e dúvidas não solucionadas no caso em que o FBI descreve como “trágico incidente” que acabou matando um agente de fronteira e deixou um segundo em sérias condições.

O FBI conta que os dois oficiais foram encontrados feridos tarde da noite do sábado (18) no sul do Texas.

Rogelio Martinez, 36, não resistiu aos ferimentos e morreu no domingo de manhã no hospital. O parceiro dele, que não foi identificado, segue hospitalizado e a situação dele é considerada grave.

Os dois sofreram vários traumas na cabeça e outros ferimentos como ossos quebrados, de acordo com o FBI que lidera as investigações. Ainda não saiu o resultado da autopsia de Martinez.

Porém, não houve ainda uma explicação sobre o que houve, os policiais texanos – incluindo o governador Greg Abbott e o Sen. Ted Cruz – descreveram o incidente como um ‘ataque’. O presidente Donal Trump aproveitou a oportunidade para levantar mais questões favoráveis para a construção do muro na divisa com o México e disse que o agente foi brutalmente espancado.

 

Mas em Culberson County, and os dois oficiais foram feridos, o xerife local pinta uma outra cena, sugerindo que ao “Dallas Morning News”, que os investigadores teriam acabado se envolvendo em um acidente durante o turno da noite.

“A evidencia não é obvia sobre o que aconteceu lá”, disse Oscar Carrillo, o xerife de Culberson County ao jornal.

Oficial Rogelio Martinez, 36 anos, morto na fronteira do México. Ele não foi baleado. (ABC)

Martinez e seu parceiro estavam patrulhando a I-10 no Setor Big Bend, que corre ao longo da fronteira EUA-México, quando eles responderam a uma atividade suspeita, diz a Patrulha de Fronteira americana (CBP). Porém, o órgão não especifica qual é o tipo de atividade suspeita que eles teriam saído para averiguar.

Depois de responder, o parceiro de Martinez reportou que eles estavam feridos e precisavam de ajuda. Eles foram encontrados 12 milhas a leste da cidade de Van Horn, por volta das 11:20 da noite de sábado, segundo o FBI.

Um porta voz da CBP disse que Martinez não foi baleado.

Ele estava na polícia de fronteira desde 2013.

O presidente Donald Trump citou o incidente como um dos motivos de que os Estados Unidos precisam construir o muro – que é uma promessa de campanha – ao longo da fronteira com o México.

“Como você sabe, perdemos um oficial da Patrulha da Fronteira ontem e outro foi brutalmente espancado e muito muito maltratado”, disse Trump nesta segunda-feira (20). “Parece que ele vai conseguir, mas muito mal”.

No domingo, Trump usou o twitter para ameaçar os responsáveis pelo incidente:

“Nós vamos caçar e trazer para a justiça os responsável. Nós vamos e devemos construir o Muro”.

Na segunda-feira, o governador do Texas Greg Abbot, anunciou uma recompensa de $20 mil dólares para qualquer um que der informações que levem à prisão e condenação de quem quer que seja que tenha matado o oficial Martinez e ferido o seu parceiro.

Continue lendo

Notícias

Advogados vão processar Trump por conta das ações contra imigrantes no país

O grupo já entrou com ações de sucesso contra ordens executivas do presidente. Agora eles estão mirando os jovens imigrantes.

Publicado

em

(LA Times)

FALLS CHURCH, VA – Um grupo de advogados do norte da Virginia está planejando processar a administração Trump por conta das decisões tomadas contra os imigrantes, inclusive o fim do DACA, o programa chancelado por Barak Obama que protegia jovens imigrantes contra deportação.

O Legal Aid Justice Center vai realizar uma coletiva de imprensa nesta terça-feira para anunciar os detalhes sobre o processo e também sobre os passos para tentar reinstaurar proteção para dois imigrantes da Virgínia que estavam no DACA.

O DACA dava proteção legal para mais de 800 mil pessoas que foram trazidas para os Estados Unidos ilegalmente quando crianças ou vieram com famílias que tinham visto e acabaram ficando no país. Trump está terminando com o programa.

Essa ação particular foca em indivíduos que faziam parte do DACA mas que não conseguiram renovar o programa.

Foi esse mesmo grupo de advogados que fez as primeiras ações contra as ordens executivas de Trump em janeiro, como o bloqueio da entrada de alguns cidadãos de países muçulmanos.

 

Continue lendo

Especial

Harrison Ford vira herói na vida real e ajuda motorista que caiu numa ribanceira

Ator estava atrás do carro da mulher que perdeu o controle e atravessou a pista.

Publicado

em

O ator Harrison Ford, de 72 anos. (Divulgação)

SANTA PAULA, CA – Harrison Ford ajudou no resgate de uma motorista que caiu com o carro num aterro no Condado de Ventura.

Segundo as informações da CBS de Los Angeles, o ator de 75 anos, prestou socorro ao motorista que perdeu o controle do carro e caiu numa ribanceira na Road 126 em Santa Paula, na Califórnia.

O acidente aconteceu no domingo, perto do meio dia, e o ator que já interpretou grandes heróis no cinema como Han Solo e Indiana Jones, foi extremamente solícito.

Segundo o site TMZ, que publicou primeiro a história, Ford estava dirigindo em Santa Paula, na Rota 126, quando uma mulher perdeu o controle de seu veículo e atravessou a estrada e caiu no que se pode chamar de um “aterro”. Ford estava viajando atrás dela e imediatamente parou para prestar assistência.

Além dele, outras pessoas também pararam para tentar ajudar a motorista. Foi Harrison Ford que conseguiu, com a ajuda de outras pessoas, tirar a mulher do carro e mantenhamo-nos-la numa situação mais calma e tranquila até a chegada dos paramédicos. Segundo ainda o TMZ, ela foi levada para uma sala de emergência com apenas pequenas escoriações.

 

Continue lendo
Publicidade

CANAL DO PS NO YOUTUBE

TWITTER DO PS

MAIS LIDAS