Conecte-se com a gente!

Notícias

Terrorista trabalhava como UBER nos últimos seis meses em New Jersey

Terrorista é de New Jersey, casado e tem dois filhos. Ele deixou um recado dentro do carro: “ISIS LIVES FOREVER”

Publicado

em

Sayfullo Saipov foi contemplado com um Greencard em 2010 pela loteria nacional de imigração. (Reprodução)

NOVA IORQUE, NY – Sayfullo Saipov, o homem de 29 anos que atropelou e matou oito pessoas na tarde desta terça-feira (30) em Nova Iorque, trabalhava como motorista do UBER em New Jersey.

Segundo informações do canal MSNBC, Saipov teria passado sem nenhuma restrição na checagem de background (antecedentes) para poder trabalhar como Uber Driver. A empresa informou que foram seis meses no trabalho sem nenhum tipo de registro negativo.

Sayfullo tinha uma drivers license registrada num endereço da Florida, em Tampa. Porém, a pessoa que mora no local indicado pela carteira de motorista está uma outra pessoa que disse nunca ter visto o homem.

O terrorista mora em New Jersey, é casado e tem dois filhos. Ele ganhou um Greencard na loteria nacional que sorteia títulos de residência fixa para imigrantes de vários países. Para ser aceito, o ganhador também precisa passar por uma checagem de background além de uma entrevista na imigração.

Sauyfullo segue internado num hospital em Nova Iorque e segue vigiado por uma forte esquema de segurança. No local do crime, quase 24 horas depois, a caminhonete utilizada para atropelar as pessoas ainda não foi retirada da rua.

De acordo com o canal americano, às 2 da tarde, o terrorista foi com uma minivan até uma loja da Home Depot em New Jersey. Chegando lá ele alugou uma caminhonete cargo. Atravessou a Washington Brigde e se dirigiu até o local do ataque. Ele entrou numa ciclovia e dirigiu por quase uma milha, mais ou menos 15 quadras atropelando tudo o que via pela frente.

Foram oito mortes e mais de 11 feridos no incidente. A caminhonete só parou depois que bateu em um ônibus escolar onde deixou quatro pessoas feridas, dois adultos e duas crianças com necessidades especiais. Uma dessas crianças está entre os 11 feridos e segue em estado crítico.

Saipov saiu gritando “Allah Akbar”, ou “Deus é Grande”. E dentro do carro estava um recado onde é possível ler: “ISIS LIVES FOREVER”, em tradução livre: “ISIS (estado islâmico) vive para sempre”

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe um reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Especial

Harrison Ford vira herói na vida real e ajuda motorista que caiu numa ribanceira

Ator estava atrás do carro da mulher que perdeu o controle e atravessou a pista.

Publicado

em

O ator Harrison Ford, de 72 anos. (Divulgação)

SANTA PAULA, CA – Harrison Ford ajudou no resgate de uma motorista que caiu com o carro num aterro no Condado de Ventura.

Segundo as informações da CBS de Los Angeles, o ator de 75 anos, prestou socorro ao motorista que perdeu o controle do carro e caiu numa ribanceira na Road 126 em Santa Paula, na Califórnia.

O acidente aconteceu no domingo, perto do meio dia, e o ator que já interpretou grandes heróis no cinema como Han Solo e Indiana Jones, foi extremamente solícito.

Segundo o site TMZ, que publicou primeiro a história, Ford estava dirigindo em Santa Paula, na Rota 126, quando uma mulher perdeu o controle de seu veículo e atravessou a estrada e caiu no que se pode chamar de um “aterro”. Ford estava viajando atrás dela e imediatamente parou para prestar assistência.

Além dele, outras pessoas também pararam para tentar ajudar a motorista. Foi Harrison Ford que conseguiu, com a ajuda de outras pessoas, tirar a mulher do carro e mantenhamo-nos-la numa situação mais calma e tranquila até a chegada dos paramédicos. Segundo ainda o TMZ, ela foi levada para uma sala de emergência com apenas pequenas escoriações.

 

Continue lendo

Policia

Motorista da Amazon Flex acusado de tentar roubar pacote de cliente

O entregador foi flagrado na camera de segurança no momento da entrega que ele “quase” não efetuou.

Publicado

em

O entregador foi flagrado pela câmera de segurança. No vídeo é possível ver que ele desiste de entregar o item. (CBS)

SACRAMENTO, CA — Conforme os feriados vão se aproximando, também começa a temporada de entrega de pacotes de compras on-line.

O programa da Amazon conhecido como “Flex Drivers” está em ampla aplicação em várias regiões do país. Em Sacramento, na Califórnia, eles estão contratando motoristas para usar o próprio carro para entregar os itens comprados no site da Amazon.

Mas recentemente, um cliente disse que um dos motoristas tentou roubar o pacote que ele deveria entregar.

Os motoristas potenciais do programa de “Flex Drivers” da Amazon passam por uma extensa checagem de antecedentes, mas um motorista disse à CBS que não existe uma entrevista real no processo. Uma vez contratado, Amazon diz que os motoristas ajudam a levar os itens que as pessoas precisam com mais rapidez e agilidade.

“É simplesmente inacreditável”, disse Tony, o cliente que quase foi lesado.

Ele é um daqueles compradores inveterados da Amazon e recebe a entrega dos pacotes com bastante frequência, mas umas noites atrás ele disse que o homem que faz a entrega tentou levar suas compras embora.

“Ele estava simplesmente pegando os pacotes”, disse o cliente.

O homem que mora em Antilope junto com a familia assistiu aos videos do circuito de segurança da casa em sua tv na sala de estar quando o homem chegou. O video mostra o homem andando com o pacote bem próximo da driveway. Então, parece que ele está fazendo uma foto da encomenda – como mandam as regras da Amazon – para confirmar que a entrega foi de fato realizada. Porém, ao invés de colocar o pacote na porta, ele vira e volta em direção ao carro.

Tony flagou toda a situação e informou a Amazon sobre o incidente. (CBS)

A mãe do cliente saiu de casa e chamou a atenção do homem. Ele parou o carro, saiu e entregou a encomenda. O homem, não identificado, pediu desculpas por estar pegando a caixa.

Ele era um dos Amazon Flex Drivers. O programa permite que pessoas comum trabalhem com a entrega de encomendas da Amazon utilizando roupas normais do dia a dia em seus próprios carros.

Qualquer pessoa pode se habilitar para trabalhar na companhia como um flex driver e ganhar entre $18 e $25 por hora. A empresa disse que os candidatos precisam passar por um forte sistema de checagem de antecedentes que pode levar de 24 a 48 horas.

Com a chegada dos feriados, Tony já adiantou que vai prestar mais atenção em quem está entregando as encomendas e espera que a Amazon tome alguma atitude contra o motorista que tentou, supostamente, roubar a sua.

Amazon enviou um comunicado dizendo: “Nós temos regras e padrões elevados para nossos parceiros de entregas e levamos muito à serio o feedback dos consumidores. Nós estamos analisando o incidente e vamos continuar trabalhar diretamente com os consumidores em problemas relacionados à suas entregas”.

A cidade de Sacramento é um dos 20 mercados que possuem o programa “Amazon Flex” de entregas. E existe uma fila gigante de pessoas que querem trabalhar para a empresa.

Continue lendo

Notícias

Avião faz pouso forçado em estrada da Flórida

O piloto tentou pousar num espaço vazio de uma rodovia, mas a asa do avião bateu numa árvore causando o acidente.

Publicado

em

CLEARWATER, FL – Um piloto e um passageiro saíram ilesos de um acidente aéreo na Flórida no último domingo (19).

Um monomotor fez um pouso forçado em uma rodovia próxima do Aeroporto de Clearwater. Os policiais de Pinellas County estavam parados na North Keene Road quando o avião começou a fazer o pouso.

As câmeras on board das viaturas registraram o momento do acidente que aconteceu antes das 10:30am de domingo.

Segundo informações da BBC, os policiais estavam atendendo uma outra ocorrência quando flagraram o pouso forçado do pequeno avião em meio a uma estrada com tráfego normal.

O piloto disse que o motoro teve problemas enquanto ele estava no ar e disse aos investigadores que ele não imaginava que conseguiria retornar ao Airpark de Clearwater e então começou a procurar um lugar seguro para pousar.

Ele conseguiu avistar uma viatura próximo do cruzamento entre a Keene Road e a Sunset Point Road e percebeu o que poderia ser um “buraco” vazio no transito, o que daria tempo de fazer o pouso do avião.

O problema é que a asa esquerda acabou batendo em uma árvore, o que fez o avião rodar e bater.

Os policiais de Pinellas County disseram que o piloto e o passageiro recusaram tratamento medico.

A investigação do acidente está a cargo da agência da Flórida da Administração Federal da Aviação (FAA) e a agência National Transportation Safety Board (NTSB).

Avião rodou e bateu. Piloto e passageiro não tiveram ferimentos. (ABC)

 

Continue lendo
Publicidade

CANAL DO PS NO YOUTUBE

TWITTER DO PS

MAIS LIDAS