Conecte-se com a gente!

Notícias

Fogo continua destruindo a Califórnia

Fogo continua destruindo a Califórnia. Já são 41 mortos.

Publicado

em

Fogo continua destruindo a Califórnia. Já são 41 mortos. (Getty Image)

Depois de uma semana o fogo ainda consome casa, estabelecimentos comerciais e tudo o que ele encontra pela frente. Cenas lamentáveis podem ser vistas a todo instante na televisão. Já são 40 pessoas mortas, 217 mil acres de terra atingidos e mais 5700 casas e edifícios destruídos pelo fogo.

E não existe previsão de quando isso pode acabar.  As autoridades se encontram com a imprensa e com a comunidade para informar que as pessoas precisam permanecer em abrigos e que não existe pressa para retornar para as suas casas e tentar reaver alguns objetos de devoção familiar.

Algumas imagens do corpo de bombeiros mostram como o fogo se alastra rapidamente. Em poucos minutos uma loja da Key Mart foi destruída pelas chamas.

A CBS de Los Angeles, conseguiu com exclusividade fazer imagens de drone pela área de Coffey Park, uma das mais devastadas pelo fogo. Até a semana passada estava proibido voar de drone na região. As imagens são incríveis e chocantes. Casas inteiras que viraram pó, carros sucateados. Só nessa área são mais de 2800 casas destruídas.

Não existe energia elétrica na região. E as pessoas estão ganhando autorização para voltar para as suas casas gradativamente. Um dado que é favorável é que das milhares de pessoas que foram dadas como desaparecidas, o numero caiu significativamente enquanto as pessoas vão dando sinais de que estão bem aos familiares. Hoje são apenas 170 desaparecidos.

Os moradores retornam para suas casas em busca de pertences que possam fazê-los relembrar o tempo em que viveram por ali. É possível encontrar objetos que demonstram que famílias inteiras estavam em casa, vivendo suas vidas tranquilamente até serem expulsas pelas chamas.

Notícias

Temporada de furacões será mais forte que do ano passado

Prepare-se: serão mais de 20 situações onde três delas podem se tornar ferozes furacões que podem alcançar a categoria 5.

Publicado

em

Imagem de satélite do furacão Isabel, de 2003. (Arquivo)

ORLANDO, FL – A temporada de furacões esse ano promete ser ainda mais forte e mais chocante do que no ano passado. Ao menos é o que prevê um estudo da Colorado State University.

Divulgado nessa quinta-feira, os dados mostram que a atividade é maior com mais furacões previstos do que no ano passado.

Serão 14 tempestades, 7 furacões e no mínimo 3 grandes furacões como o Irma que arrasou Porto Rico no ano passado e boa parte do sul da Flórida.

A justificativa é que o fenomeno La Niña está de volta.

Para saber:

  • Tempestades: são aquelas que vem com força mas que podem apenas se transformarem em tempestades tropicais.
  • Furacões: ventos de até 110 milhas por hora e que podem ser de Categoria 1 e 2.
  • Grandes Furacões: são os que ultrapassam 110 milhas por hora e figuram entre as categorias 3-5.

Continue lendo

Notícias

Polícia procura marginal que está a solta em Orlando

Segundo a polícia ele está armado e é muito perigoso.

Publicado

em

ORLANDO, FL – Foi divulgado pelo departamento de polícia de Orlando, um retrato falado do criminoso que está aterrorizando Orlando e as cidades no entorno.

Na quarta (04) ele atacou uma mulher do lado de fora do PetCo e roubou um Walgreens que fida próximo da Orange Blosson Trail com a Sand Lake Rd.

Além disso ele é responsável pelo roubo de um Dunkin Donuts no sábado, atirou numa pessoa num caixa eletrônico no domingo e roubou um carro.

A policia voltar a informar que o bandido está armado e é muito perigoso.

Continue lendo

Notícias

Dois mortos em acidente aéreo na região de Daytona Beach

Uma testemunha viu o avião cair e acionou a polícia pelo 911.

Publicado

em

Destroços do avião que segundo testemunhas a asa teria sido arrancada antes de cair. (Wesh2)

DAYTONA BEACH, FL – Dois homens morreram num acidente de avião em Daytona Beach, na manhã desta quarta-feira (04).

Eles foram identificados como o veterenado da marinha Zachary Capra e o piloto John S. Azma.

Capra tinha 25 anos, estava estudando para ser piloto e pretendia graduar este verão em Aeronautica. Ele serviu na marinha de 2012 a 2016.

Azma foi condecorado pela FAA e tinha proficiência como instrutor de voo. Ele tinha ao menos 20 anos de experiencia voando.

O acidente foi reportado por uma testemunha que viu o avião caindo por volta das 9:54am da manhã. Ela ligou para o 911.

Continue lendo
Publicidade

CANAL DO PS NO YOUTUBE

TWITTER DO PS

MAIS LIDAS