Conecte-se com a gente!

Comunidade

Confusão e desorganização marcam o “Consulado Itinerante” em Orlando

Poucas senhas para os brasileiros que precisam de um serviço do consulado brasileiro de Miami gera confusão em Orlando.

Publicado

em

Era pra ter sido um final de semana de prestação de serviços para uma população que é carente quando o assunto é “serviço consular”. Mas o que se viu foi desorganização que causou uma tremenda confusão em Orlando.

No último final de semana, os brasileiros que vivem em Central Flórida, puderam aproveitar o “Consulado Itinerante” que se instalou dentro do centro de convenções da I-Nascar, um kartódromo de Orlando. No comunicado do Consulado Brasileiro na internet, seriam distribuídas 80 senhas. Porém, foram distribuídas 80 senhas de “serviços” e cada pessoa poderia pegar duas.

O total de pessoas atendidas, no fim do dia, seria de no mínimo 40 pessoas – se cada uma pegasse duas senhas de serviços. E isso acabou gerando uma confusão tremenda. A primeira pessoa a ser atendida chegou na fila às 11 da noite. Quase 10 horas antes da abertura dos trabalhos.

Às tres da manhã do sábado (26), a fila ja dava voltas no estacionamento do local. Uma brasileira decidiu organizar e fez 80 senhas improvisadas. Mesmo assim, às 8:30am, quando chegaram os voluntários, houve tumulto e muita gente tirou vantagem da desorganização e furou fila.

Hortência de Almeida veio de Ocala, cidade satélite de Orlando. Ela estava precisando de uma certidão de óbito do seu marido, Lauro de Almeida, que morreu há um mês. Ela chegou às 5 da manhã e não conseguiu senha para ser atendida. “Pessoas chegaram à 1 da manhã. No site diz apenas que são 80 senhas, eles não especificam!”, comenta a brasileira.

 

Ela conseguiu, depois de discutir com um dos muitos voluntários que tentam organizar a bagunça, entrar na lista de esperada do sábado. “Falta de respeito. As pessoas vem de madrugada, passam sono. Sofrem na fila. Os voluntários funcionam como testa de ferro. E os funcionários [do Consulado] lá dentro e não querem mostrar a cara aqui pra gente!”, diz Hortência depois de esfriar um pouco os ânimos.

O “consulado itinerante” é tratado como um evento oficial do Consulado Geral do Brasil em Miami. Para esse final de semana, estava programada a distribuição de 100 senhas por dia. Além de Orlando, o evento acontecia também em Jacksonville e Tampa, mas foi cancelado. Segundo informações, “falta de dinheiro” do governo brasileiro para os custos do evento.

Heloísa Fernandes, moradora de Tampa, chegou também às 5 da manhã depois de enfrentar uma hora e meia de viagem. Ele precisa fazer o registro de nascimento da filha recém-nascida. “Se não fosse a organização da fila por uma pessoa que chegou cedo, a confusão poderia ser maior”, disse Heloísa.

Assim como Hortência, ela também não conseguiu uma senha de serviço, mas foi colocada na fila de espera. Normalmente o evento acontece no último final de semana de cada vez. Os serviços oferecidos são: atestado de vida, procuração, registro de óbito, registro de nascimento e casamento, autorização de viagem para menor, certificado militar e FGTS.

Comunidade

Pais atacam ônibus escolar em Metrowest e retiram alunos pelas saídas de emergência

Os pais ficaram nervosos com o motorista que não deixou que os alunos fossem retirados do ônibus fora do local exato da parada.

Publicado

em

ORLANDO, FL –  Quando um ônibus escolar de Orange County parou pouco depois do seu ponto de entrega normal na quarta-feira (10), os pais cercaram o veículo e alguns começaram a remover crianças, incluindo algumas que não eram suas, através das janelas.

As escolas do Orange County disseram que o motorista do ônibus fez o que deveria fazer tentando manter os alunos no veiculo e os pais fora.

O motorista puxou o ônibus depois que um estudante a bordo foi ferido, disseram autoridades distritais.

O motorista chamou seu supervisor, que lhe pediu que liguasse para serviços médicos de emergência, ficasse aguardando a chegada deles e dei ordem para que ninguém pudesse entrar ou sair do ônibus, disseram autoridades.

O incidente foi gravado com um celular e viralizou. O video mostram os pais retirando as crianças pelas saídas de emergência. Algumas chorando, outras assustadas. Alguns pais batem na porta do ônibus enquanto o motorista permanece dentro tentando proteger as crianças.

As coisas ficaram fora de controle, de acordo com o vídeo do incidente.

As escolas públicas do Orange County defenderam o motorista, dizendo que ainda estavam investigando o incidente, mas que parecia que ele fazia exatamente o que deveria fazer.

A WFTV publicou o video em sua página no facebook.

Continue lendo

Comunidade

Brasileira é encontrada morta em seu apartamento em Newark

Personal Trainer brasileira pode ser mais uma vítima da depressão, ela sofria de fortes dores nas costas.

Publicado

em

Ana Randall tinha 45 anos e sofria com fortes dores nas costas. (Facebook)

NEWARK, NJ – Uma personal trainer brasileira, conhecida pela comunidade que mora em New Jersey, foi encontrada morta na última quarta-feira (29), em seu apartamento. Ana Randall, de 45 anos, moradora do Amazonas, morreu por “asfixia causada por enforcamento”, segundo informações preliminares da polícia de New Jersey.

O ex-namorado, Eli, chegou no apartamento da personal na cidade de East Rutherford e, segundo informações do rapaz, ela já foi encontrada sem vida.

Mesmo depois do fim do relacionamento, Eli e Ana continuaram amigos. A polícia está investigando o caso. Ao que tudo indica e levando em consideração o que foi publicado em suas redes sociais, Ana teria cometido suicídio.

No dia anterior à sua morte ela deixou uma mensagem em sua página no Facebook onde dizia que sentiria muita saudade de seus clientes.

“Vou sentir saudades de vocês, especialmente meus clientes”

Alguns amigos da profissional disseram que Randall vinha sofrendo com fortes dores na coluna, porém estava muito chateada que o seguro de saúde que tinha não poderia cobrir a cirugia. Ela se referiu ao problema em uma outra mensagem, também em sua rede social: “Estou cansada de estar lutando contra o seguro de saúde ou até mesmo o governo para consertar as minhas costas”.

Ana teria se asfixiado com o fio do telefone. Ela tinha uma filha que mora no Brasil. Aos amigos mais próximos, Ana teria externado a vontade de ter seu corpo sepultado nos Estados Unidos, por isso, a mãe dela que mora no Amazonas, deve vir para acompanhar o serviço funeral com um visto de emergência.

 

Continue lendo

Comunidade

Fogo de Chao abre novo restaurante em Jacksonville

Esse é o 50º restaurante da franquia brasileira. Os preços variam de $15 a $48,95.

Publicado

em

A famosa Picanha Brasileira que é destaque no cardápio da Fogo de Chão. (Divulgação)

JACKSONVILLE, FL – A Churrascaria Fogo de Chao, famosa pelos cortes especiais de suas carnes e o atendimento tipicamente gaúcho abriu mais uma franquia. Agora a população de Jacksonville, na Flórida, vai poder conhecer uma das mais famosas “steakhouses” dos Brasil.

Na liderança da equipe está o Gaucho e Marcio Welter como gerente do restaurante. Marcio cresceu na fazenda, em uma pequena cidade de Santa Catarina. Essa é a 50ª unidade da churrascaria.

De acordo com o Senior VP de Marketing e Vendas da marca, Andrew Feldman, a escolha da localização da churrascaria foi uma questão de quando e não “se”.

“A sinergia do que estava acontecendo lá em Jax e também o que a gente via por lá, nos viabilizou ter o tamanho e a visibilidade que a gente queria”, disse Feldman ao jornal Jacksonville Business Journal.

“Este é o lugar para entretenimento e nós esperamos que continue crescendo e expandindo”, disse o executivo sobre o “The Strand”, o plaza onde está localizada a nova churrascaria.

Segundo o jornal o investimento gira em torno de US$ 2,5 milhões. São 225 lugares e foram contratados 75 profissionais locais para trabalhar na churrascaria.

No menu estão as mais famosas carnes brasileiras, inclusive a famosa “picanha”. A história da Fogo de Chão começa em 1979, em Porto Alegre.

Feldman diz que a companhia quer “começar a criar outras formas de experimentar a Fogo, mesmo assim, mantendo a sua originalidade”, por isso vai oferecer no restaurante de Jacksonville dois diferentes preços de atendimento e ajustes nas porções.

Os valores dos rodízios variam de $15 (mesa de frios apenas) a $48,95 (“full churrasco”). Para o Thanksgiven desse ano, o restaurante estará fazendo algumas inclusões de pratos comemorativos no menu do dia.

SERVIÇO:
FOGO DE CHÃO STEAKHOUSE
4784 Town Center Parkway, 32246
Jacksonville, FL
Telefone: (904) 512-7300

Continue lendo
Publicidade

CANAL DO PS NO YOUTUBE

TWITTER DO PS

MAIS LIDAS